TIMBÓ/SC É DECLARADA CAPITAL NACIONAL DO CICLOTURISMO

TIMBÓ/SC É DECLARADA CAPITAL NACIONAL DO CICLOTURISMO

Timbó/SC, localizada a 170 km de Florianópolis, foi oficialmente declarada a Capital Nacional do Cicloturismo. A cidade é ponto de partida e chegada do já tradicional Circuito de Cicloturismo do Vale Europeu, implantado em 2006.

A região que cada vez mais vem atraindo o turista em bicicleta está localizada no Vale do Itajaí e é conhecida pela forte presença de imigrantes alemães, italianos, austríacos, poloneses e portugueses.

Anualmente ciclistas de todo o país e do exterior chegam à Timbó para percorrer os 350 km do circuito, passando também pelos municípios Pomerode, Indaial, Ascurra, Apiúna, Rodeio, Benedito Novo, Doutor Pedrinho e Rio dos Cedros.  Ao longo do caminho, desfrutam das belezas da natureza, da cultura e gastronomia e hospitalidade local.

Cintia Kaestner Kopch, gestora de turismo da prefeitura de Timbó, explica que o Vale Europeu fez com que a cidade se adequasse para bem receber os ciclistas. “Atualmente temos um total de 40 km entre ciclovias e ciclofaixas na cidade, que beneficiam os cicloturistas que chegam por aqui, mas também os habitantes”, diz ela, salientando que a expansão do cicloturismo na cidade continua. “Temos projetos de implantação de mais cinco rotas de cicloturismo em Timbó e cidades da região, além de uma tirolesa para bicicletas no topo do Morro Azul”.

“Recebemos esse título com muita alegria, pois ele celebra a bicicleta e os ciclistas que nos visitam, além de reconhecer o trabalho que fazemos em toda a região”, diz a turismóloga Arlete Regilene Scoz, do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (CIMVI), que faz a gestão do Circuito do Vale Europeu

Para conhecer mais detalhes do Circuito, acesse o link:https://valeeuropeucatarinense.com.br/circuito-cicloturismo/

(Ascom PMT)

Admin

25 2023

Mobilidade

Comentários

Destaque

Prefeitura da cidade de São Paulo quer aumentar a oferta colocando 10 mil bicicletas, levar a oferta para as periferias da cidade e ainda aproveitar o bilhete único como forma de pagamento no novo sistema