SBOT CRIA CAMPANHA BICICLETA SEGURA COM O OBJETIVO DE PREVENIR ACIDENTES

SBOT CRIA CAMPANHA BICICLETA SEGURA COM O OBJETIVO DE PREVENIR ACIDENTES

Embarcando nas comemorações do Dia do Ciclista, comemorado no último dia 19 de agosto, a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (Sbot), lançou a Campanha Bicicleta Segura que se estendeu por todo o mês de agosto. Prevenir lesões e a segurança do ciclista é o principal objetivo,

O presidente da Sbot, Moisés Cohen, disse que a campanha visa orientar as pessoas na prevenção de lesões em acidentes envolvendo bicicletas. A preocupação tem um forte motivo, somente no ano passado, 11.741 brasileiros foram internados por envolvimento em acidentes com bicicleta, gerando custo superior a R$ 14 milhões ao Sistema Único de Saúde (SUS), destacou Cohen.

A preocupação dos ortopedistas está ligada ao crescimento do uso da bicicleta em todo o país, e pelo fato de as cidades, em sua maioria, não terem infraestrutura adequada para a sua utilização, além disso é muito importante a educação do usuário em geral, para que este possa circular em segurança.

O ciclista “deve estar paramentado, ou seja, com capacete, que é algo fundamental, e obedecer às regras”, disse o ortopedista que destacou: “Acho que essa orientação, essa conscientização é importante, baseada no aumento das lesões que os ortopedistas têm encontrado”. Um trauma no crânio, como resultado de uma queda de bicicleta, por exemplo, pode representar risco para o ciclista.

Para evitar lesões  entidade recomenda que os ciclistas se protejam utilizando sempre o capacete,  tomem cuidado e circulem em lugares adequados, com bicicletas também adequadas. “Acho que essa é uma campanha importante para a conscientização da população”, reforçou.

Segundo a Sbot, a cada dois dias, pelo menos um ciclista  internado em hospital público de São Paulo morre vítima de acidente de trânsito. Os acidentes na maioria dos casos são provocados por motoristas e pelo desrespeito às leis de trânsito.

A campanha não se prende apenas ao ciclista. O presidente da Sbot ressaltou que, indiretamente, a campanha é mais importante para os motoristas de automóveis, ônibus e caminhões, porque os acidentes graves que ocorrem nas cidades são principalmente causados por esses condutores de veículos.

O Dia do Ciclista é uma homenagem ao biólogo Pedro Davison, que morreu atropelado em 2006, em Brasília, aos 25 anos de idade, enquanto pedalava no Eixão Sul, via expressa da capital federal, que é fechada ao tráfego de veículos aos domingos para se transformar em área de lazer. A data entrou no calendário oficial do país. Sua aprovação tem o objetivo de estimular o uso da bicicleta, a cidadania e a mobilidade sustentável e plural, além de criar novas oportunidades para promover a educação para a paz no trânsito.

(SBOT - Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia)

Admin

20 2019

Mobilidade

Comentários

Destaque

Novidades, esporte, moda, turismo, cultura, sustentabilidade e pessoas que movimentam esse importante setor da economia se encontraram durante 4 dias no Memorial da América Latina, em São Paulo, durante o 10º Shimano Fest