Primeira edição do Papo de Pedal promove escuta de ciclistas e leva serviços para ciclovia em Fortaleza

Primeira edição do Papo de Pedal promove escuta de ciclistas e leva serviços para ciclovia em Fortaleza

Pensando em ouvir os ciclistas e incentivar uma adesão maior ao uso de bicicletas, a Prefeitura de Fortaleza realizou, no último dia de fevereiro, a primeira edição do Papo de Pedal, na ciclovia da Av. Bezerra de Menezes. A ação faz parte do programa Pedala Mais e é uma iniciativa da Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e do Laboratório de Inovação de Fortaleza (Labifor/Citinova).

A escuta dos usuários sobre suas experiências e suas demandas vai servir como ponto de partida para uma melhora na infraestrutura da malha cicloviária e na apresentação de alternativas inovadoras para garantir mais segurança e conforto na hora de pedalar. A blitz educativa também foi responsável por fazer pequenos reparos nas bikes - como calibrar pneus e fazer ajustes nos freios, além de distribuir leds e placas sinalizadoras para os ciclistas.

A técnica de Gestão Cicloviária da AMC, Ariane Medeiros, explicou que o projeto piloto Papo de Pedal foi desenvolvido com o objetivo de fortalecer o diálogo entre a administração pública e os ciclistas e contribuir para uma participação mútua no planejamento de novas ações. “É uma iniciativa da Prefeitura que foi idealizada pela equipe do Pedala Mais para ter esse momento de escuta. Serve para a gente ouvir os ciclistas, entender as demandas e preferências para que nós possamos planejar ações e a própria estrutura cicloviária de forma mais concreta”.

Ariane também destacou que a ação acontecerá de forma periódica em pontos distintos da cidade. "Vai ocorrer uma vez por mês em diferentes ciclovias e ciclofaixas da cidade, em diversos bairros e tentando atingir todas as regionais para escutá-los e fazer um melhor planejamento".

Sobre a escolha do primeiro ponto do projeto, Ariane afirmou que a ciclovia da Av. Bezerra de Menezes é a que concentra maior fluxo do modal, além de recentemente ter sido revitalizada. A infraestrutura foi a primeira renovada pelo programa Pedala Mais e foi entregue à população em fevereiro deste ano.

"A gente escolheu essa avenida por ser a ciclovia mais emblemática da cidade, a mais movimentada, porque aqui circulam quase quatro mil ciclistas por dia, no horário de pico que estamos agora são quase mil usuários circulando. Além disso, ela passou por uma reforma recentemente que era muito aguardada por essa comunidade, então por isso que viemos pra cá", afirmou.

Malha cicloviária

Fortaleza é a capital brasileira onde as pessoas vivem mais próximas à infraestrutura cicloviária. De acordo com o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), 51% dos habitantes moram a menos de 300 metros de alguma ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota ou passeio compartilhado.

Atualmente, a cidade possui 436,1 km de ciclofaixas, ciclovias, ciclorrotas ou passeios compartilhados. A Capital deve alcançar a marca de 500 quilômetros de infraestrutura cicloviária até dezembro.

Pedala Mais

O Papo de Pedal se junta a outras iniciativas do Pedala Mais com foco no investimento em infraestrutura e soluções inovadoras para incentivar o uso da bicicleta em Fortaleza. A meta da nova política é dobrar o número de usuários de bicicleta na Capital, de 5% para 10%, pelos próximos 10 anos.

Com o Pedala Mais, a Prefeitura vem ampliando a infraestrutura cicloviária; já foram instalados 87,5 km na atual gestão, chegando a 436,1 km de ciclofaixas, ciclovias, ciclorrotas ou passeios compartilhados na Capital. O objetivo da gestão municipal é alcançar a marca de 500 quilômetros de infraestrutura cicloviária até dezembro.

 

foto: Tainá Cavalcante 

(Prefeitura de Fortaleza)

Admin

08 Março 2024

Mobilidade

Comentários

Destaque

Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Piauí aprovou Projeto de Lei Ordinária incentivando o uso de bicicletas como transporte alternativo e o respeito aos direitos dos ciclistas no Estado. Proposta ainda será analisada antes de ir para votação