Prefeitura cria projeto de mobilidade para ciclistas em Juiz de Fora

Prefeitura cria projeto de mobilidade para ciclistas em Juiz de Fora

A partir do dia 17 de junho, a Prefeitura de Juiz de Fora vai começar a adaptar áreas de ruas e avenidas da cidade para uso exclusivo de ciclistas. As “ciclorotas” vão começar a ser adaptadas na Avenida Barão de Rio Branco e, em seguida, na Avenida Getúlio Vargas e ruas do Bairro São Mateus e da Região Norte. O projeto foi apresentado nesta quarta-feira (8), na Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra).

De acordo com o prefeito da cidade, Bruno Siqueira (PMDB), a reivindicação dos ciclistas é antiga e o reforço na segurança é essencial. “Juiz de Fora nunca teve esse pensamento para os nossos ciclistas, então estamos iniciando este projeto e vamos proporcionar mais segurança através de sinalização vertical, horizontal, conscientização dos motoristas e da população”, defendeu.

Siqueira também comentou sobre o plano de criar uma ciclovia às margens do Rio Paraibuna. “Temos o desejo de fazer ao logo da Avenida Brasil, mas com o projeto de despoluição do Rio Paraibuna, colocamos tubulações e estamos executando e finalizando esta obra para, posteriormente, realizarmos o projeto e captarmos recursos para a ciclovia”, disse.

Para o presidente da Organização Não Governamental (ONG) que defende os direitos dos ciclistas em Juiz de Fora (Mobilicidade), Guilherme Mendes, o projeto vai melhorar as condições do trânsito para todos.

“É uma grande vitória para a cidade e agora temos a felicidade de concretizar essa reivindicação. Vai facilitar para todos que usam bicicleta e para os que não usam também, porque temos que lembrar que uma bicicleta na rua significa um carro a menos. Então, vai ajudar a desafogar o trânsito e melhorar as condições ambientais”, afirmou.

(Jornal Floripa)

Admin

08 Junho 2016

Mobilidade

Comentários

Destaque

Nos Estados Unidos, ações para implementação em um maior número de Estados de uma legislação para bicicletas elétricas com três classificações – e-bikes, e-MTB’s e speed-pedelec’s poderá ser a motivação para a expansão desse mercado.