PARIS INVESTE PARA SER CADA VEZ MAIS UMA CIDADE PARA AS BICICLETAS

PARIS INVESTE PARA SER CADA VEZ MAIS UMA CIDADE PARA AS BICICLETAS

Um processo que foi iniciado há 20 anos e que vem sendo aperfeiçoado ano após ano para tornar a capital francesa, cada vez mais, em uma cidade totalmente favorável ao uso da bicicleta. Os investimentos para o período que vai de 2021 a 2026 serão da ordem de 250 milhões de euros.

O Plano Velo ato 2 – dará continuidade ao processo que vem colocando cada vez mais a bicicleta no dia a dia do cidadão parisiense. O novo plano deverá aumentar o número de ciclovias segregadas da cidade, além disso haverá um aumento das vagas de estacionamento para bicicletas, ao mesmo tempo que haverá uma redução das vagas para os automóveis. Entre outros planos da cidade está uma maior limpeza das ciclovias, inclusive com a remoção da neve das ciclovias nos raros dias que acontece esse fenômeno.

A estimativa é de que serão construídas 30 mil vagas de estacionamento para bicicletas e outras mil vagas adicionais para as bicicletas cargueiras.  Também serão abertas outras 40.000 novas vagas de estacionamento seguro para bicicletas perto das estações ferroviárias, com a expectativa de que, por meio de doações e outros incentivos, o setor privado instale mais 50.000 vagas. Outro ponto abordado pelo novo plano é que toda nova construção ou prédio privado reestruturado ofereça estacionamento seguro para bicicletas.

Todo o projeto visa envolver a sociedade e para isso o   “Saber andar de bicicleta” será levado a todas escolas primárias de Paris, criando uma “licença de bicicleta”, um trabalho que se estende até a universidade com  objetivo é que todos os jovens parisienses saibam andar de bicicleta.

Uma das cidades que mais recebe turistas no mundo, também terá um forte incentivo ao cicloturismo, isso porque quatro grandes ciclovias cruzam Paris, duas delas são rotas internacionais como a Scandibérica ligando a Noruega à Espanha e a Londres-Paris.

Com a realização dos Jogos Olímpicos em 2024, a cidade também vislumbra a possiblidade de incentivar a pratica esportiva com bicicleta em suas mais variadas vertentes. Como objetivo de que 15% das viagens dos Jogos sejam feitas em bicicletas serão necessárias 20 mil vagas de estacionamento.  A toda a infraestrutura de ciclovias e parte do estacionamento seguro devem constituir o legado dos Jogos para a bicicleta

(Forbes)

Admin

03 Novembro 2021

Mobilidade

Comentários

Destaque

No Rio Grande do Sul legisladores aprovam projeto de lei que prevê ciclovias em todos os projetos rodoviários ou em estradas em fase de construção