NO GRANDE ABC 31% DOS CICLISTAS USAM A BICICLETA PARA IR AO TRABALHO

NO GRANDE ABC 31% DOS CICLISTAS USAM A BICICLETA PARA IR AO TRABALHO

Levantamento feito pelo SESC – Serviço Social do Comércio, de Santo André, em parceira com a Ciclocidade - Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo, revela que 31,66% dos ciclistas da região do ABC, na Grande São Paulo, utilizam a bicicleta em seus deslocamentos como meio de transporte.

Em toda Região Metropolitana de São Paulo, 997 ciclistas opinaram sobre o assunto. Na região do ABC 319 ciclistas, ligados a dez grupos que se reúnem com regularidade para pedalar,  participaram do levantamento, desse total , 101 pessoas declararam que utilizam, ao menos, uma vez na semana a bicicleta como meio de transporte.

A justificativa das pessoas para deixaram  regularmente seus veículos em casa ou trocaram o transporte público pela bicicleta está na praticidade, rapidez e nos ganhos com qualidade de vida. Esse mesmo levantamento, ainda aponta que 42% desse grupo de pessoas utiliza a bicicleta combinada a serviços de transporte público como ônibus e trens.

Um dos maiores problemas apontados por uma grande parcela dos entrevistados para não utilizar a bicicleta todos os dias da semana  é a falta de ciclovias ou ciclo-faixas. Juntamente a esse argumento também aparecem a falta de segurança no transito e o desrespeito por parte dos motoristas.

Problemas estruturais em ciclovias e ciclofaixas da região que não recebem expansão há dois anos foram apontados  por vários ciclistas que responderam à pesquisa. Ao serem questionados sobre a nota que eles dariam para os espaços exclusivos de suas cidades, numa escala de zero a dez, 89,04% dos participarem deram avaliação até cinco, ou seja, disseram que as condições são ruins ou péssimas.

A região do Grande  ABC com uma população que ultrapassa os 2,7 milhões de habitantes,  tem apenas 30,8 quilômetros de ciclovias espalhados por quatro cidades (Santo André, São Bernardo, São Caetano e Mauá) – um número tímido e que revela a carência de infraestrutura urbana.

Fotos: Divulgação

(DGABC)

Admin

22 Novembro 2017

Mobilidade

Comentários

Destaque

Fabricantes europeus estão fazendo um movimento de retorno, levando suas produções para mais perto da sua rede de distribuição na Europa. Agilidade nas entregas e possibilidade de atender a costumização estão sendo levados em conta por grandes players do setor