MAIS CICLISTAS CIRCULANDO PELAS ÁREAS CENTRAIS DA CIDADE DE SÃO PAULO

MAIS CICLISTAS CIRCULANDO PELAS ÁREAS CENTRAIS DA CIDADE DE SÃO PAULO

Um levantamento sobre o uso das bicicletas na região central de São Paulo, feito por uma empresa de mobilidade em parceria com a Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo (Ciclocidade), mostrou que 1.609 ciclistas passaram pela Rua Líbero Badaró (na intersecção com o Viaduto do Chá e a Praça do Patriarca), no bairro da República, ao longo de 14 horas, no dia 3 de dezembro. O volume é 65% maior do que o registrado no ano passado.

Segundo a pesquisa, foram 115 deslocamentos em bicicleta por hora. No dia 27 de novembro, passaram pela Avenida Paulista 3.203 ciclistas, 51% a mais que no ano passado. Ainda segundo o levantamento, o fluxo de mulheres usando as ciclovias foi de 5% na República e de 11% na região da Paulista

A pesquisa também mediu o comportamento dos ciclistas. Na República, em 2010, quando foi realizado o primeiro estudo na região, 20% dos ciclistas pedalavam na contramão. Este ano, o porcentual de ciclistas na contramão caiu para 1%. A mesma tendência foi registrada em relação aos ciclistas que trafegavam nas calçadas - nesse caso, o número caiu de 27% para 3%.

Dados da pesquisa Origem e Destino, do Metrô, também apontam aumento do uso de bicicletas em São Paulo. Segundo a pesquisa, o número de viagens diárias em bicicleta como modal principal cresceu 24% de 2007 a 2017.

Segundo a Ciclocidade, o método usado para fazer a contagem foi desenvolvido pela Associação Transporte Ativo, do Rio de Janeiro. O método consiste no uso de uma planilha com um desenho esquemático do local, com espaços a serem preenchidos com a origem e o destino do ciclista, além de informações complementares como acessórios, faixa etária, gênero e tipo de bicicleta, entre outros. 

No iníco de dezembro, a Prefeitura lançou um plano cicloviário que prevê aumento da malha de ciclovias, dos atuais 503 quilômetros para 676. Vias como a Avenida Rebouças passarão a contar com o equipamento. Também é previsto o remanejamento de 25 vias, em um total de 12 quilômetros. O prazo de conclusão apresentado é o fim do mandato do prefeito Bruno Covas (PSDB), em dezembro de 2020.

Fotos: Divulgação

(Agência Brasil)

Admin

27 Dezembro 2019

Mobilidade

Comentários

Destaque

As bicicletas elétricas vem provocando um expressivo aumento nas vendas. Junto ao bom desempenho comercial, muitas empresas estão buscando novas soluções para garantir maior autonomia e melhor desempenho das baterias. Com a utilização de Grafeno aliado à nanotecnologia as baterias para e-bikes, em breve, devem passar por uma revolução