JOINVILLE E TODAS SUAS BICICLETAS

JOINVILLE E TODAS SUAS BICICLETAS

Maior cidade do estado de Santa Catarina e terceira cidade da região Sul, Joinville destaca-se por seu elevado índice de desenvolvimento humano, por suas indústrias, por ter a única escola de dança do Balé Bolshoi fora da Rússia e também por ostentar o titulo de Cidade das Bicicletas, isso graças a ter registrado até poucos anos atrás o incrível número (para os padrões brasileiros) de uma bicicleta para cada dois habitantes.

Não é difícil entender ao longo da história de Joinville o por que de ser considerada a Cidade das Bicicletas, já nos anos 50 eram pouco mais de 46 mil habitantes e 9 mil bicicletas. Em 1972 eram 70 mil bicicletas para 126 mil habitantes,  anos mais tarde se atingiu o impressionante número de uma bicicleta para cada dois habitantes. O último registro é de 1987 e indica  para uma população de 350 mil habitantes, 100 mil bicicletas. Segundo uma pesquisa recente da Univille - Universidade de Joinville - haveria, atualmente, em cada domicílio joinvilense  três bicicletas.

O grande momento se deu entre os fins dos anos 1970 e 80  quando uma das maiores fábricas da cidade registrava mais de 4000 operários que se deslocavam de casa ao trabalho pedalando. Toda fábrica tinha seu bicicletário e a cidade ao fim do dia, tinha o seu horário  de rush, quando ao fim do expediente trabalhadores da indústria e do comércio congestionavam, com suas bicicletas, as ruas da cidade. 

A cidade tem atualmente 146 km de ciclovias , mas há projetos na prefeitura para chegar a 730 km até 2025.  Segundo dados oficiais,  Joinville tem  um número de descolamentos feitos em bicicleta muito acima da média nacional que é de 1,75%, a cidade do norte catarinense tem quase 12% e o objetivo é chegar um volume de deslocamentos que ultrapasse os 20%.

Joinville  também sedia o único museu da América do Sul  dedicado exclusivamente à bicicleta – o MuBi – Museu da Bicicleta – localizado na Estação Memória – uma antiga estação de trens desativada localizada no Bairro Atiradores

O MuBi é o resultado de uma exitosa parceria entre o Poder Público Municipal e a iniciativa privada, sob a gestão da Fundação Cultural de Joinville. O Museu da Bicicleta é dirigido pelo historiador e jornalista Valter Bustos que ao longo dos anos conseguiu juntar um acervo que supera as 16 mil peças – de catálogos,  peças, selos, posters, miniaturas  e bicicletas .

Serviço: MuBi  Complexo Ferroviário de Joinville, junto à Praça Monte Castelo, zona Sul da Cidade. abre de terça a domingo das 10h00 às 16h00   http://www.museudabicicleta.com.br/

foto: divulgação

( Notícias do Dia / Revista de História )

Admin

03 Fevereiro 2017

Mobilidade

Comentários

Destaque

As bicicletas elétricas vem provocando um expressivo aumento nas vendas. Junto ao bom desempenho comercial, muitas empresas estão buscando novas soluções para garantir maior autonomia e melhor desempenho das baterias. Com a utilização de Grafeno aliado à nanotecnologia as baterias para e-bikes, em breve, devem passar por uma revolução