JOINVILLE E TODAS SUAS BICICLETAS

JOINVILLE E TODAS SUAS BICICLETAS

Maior cidade do estado de Santa Catarina e terceira cidade da região Sul, Joinville destaca-se por seu elevado índice de desenvolvimento humano, por suas indústrias, por ter a única escola de dança do Balé Bolshoi fora da Rússia e também por ostentar o titulo de Cidade das Bicicletas, isso graças a ter registrado até poucos anos atrás o incrível número (para os padrões brasileiros) de uma bicicleta para cada dois habitantes.

Não é difícil entender ao longo da história de Joinville o por que de ser considerada a Cidade das Bicicletas, já nos anos 50 eram pouco mais de 46 mil habitantes e 9 mil bicicletas. Em 1972 eram 70 mil bicicletas para 126 mil habitantes,  anos mais tarde se atingiu o impressionante número de uma bicicleta para cada dois habitantes. O último registro é de 1987 e indica  para uma população de 350 mil habitantes, 100 mil bicicletas. Segundo uma pesquisa recente da Univille - Universidade de Joinville - haveria, atualmente, em cada domicílio joinvilense  três bicicletas.

O grande momento se deu entre os fins dos anos 1970 e 80  quando uma das maiores fábricas da cidade registrava mais de 4000 operários que se deslocavam de casa ao trabalho pedalando. Toda fábrica tinha seu bicicletário e a cidade ao fim do dia, tinha o seu horário  de rush, quando ao fim do expediente trabalhadores da indústria e do comércio congestionavam, com suas bicicletas, as ruas da cidade. 

A cidade tem atualmente 146 km de ciclovias , mas há projetos na prefeitura para chegar a 730 km até 2025.  Segundo dados oficiais,  Joinville tem  um número de descolamentos feitos em bicicleta muito acima da média nacional que é de 1,75%, a cidade do norte catarinense tem quase 12% e o objetivo é chegar um volume de deslocamentos que ultrapasse os 20%.

Joinville  também sedia o único museu da América do Sul  dedicado exclusivamente à bicicleta – o MuBi – Museu da Bicicleta – localizado na Estação Memória – uma antiga estação de trens desativada localizada no Bairro Atiradores

O MuBi é o resultado de uma exitosa parceria entre o Poder Público Municipal e a iniciativa privada, sob a gestão da Fundação Cultural de Joinville. O Museu da Bicicleta é dirigido pelo historiador e jornalista Valter Bustos que ao longo dos anos conseguiu juntar um acervo que supera as 16 mil peças – de catálogos,  peças, selos, posters, miniaturas  e bicicletas .

Serviço: MuBi  Complexo Ferroviário de Joinville, junto à Praça Monte Castelo, zona Sul da Cidade. abre de terça a domingo das 10h00 às 16h00   http://www.museudabicicleta.com.br/

foto: divulgação

( Notícias do Dia / Revista de História )

Admin

03 Fevereiro 2017

Mobilidade

Comentários

Destaque

O bom desempenho dos ciclistas britânicos nos Jogos Olímpicos do Rio2016 teve repercussão direta na comercialização de bicicletas pela internet e em lojas físicas no Reino Unido. O comércio comemora as vitórias com aumento no faturamento, e deixa claro que quando o esporte tem planejamento este se torna uma ótima ferramenta de promoção e de negócios