GUARUJÁ AMPLIA MALHA DE CICLOFAIXAS

GUARUJÁ AMPLIA MALHA DE CICLOFAIXAS

Cidade do litoral paulista continua ampliando sua malha de ciclofaixas e ciclovias. Um novo trecho de 1.700 metros entre o Centro até a Praia da Enseada  está sendo implantando neste mês de abril

A Prefeitura de Guarujá começou a implantar, no início do mês de abril, ciclofaixa na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca, na orla da Praia de Pitangueiras. Nesta primeira etapa, serão 1.700 metros de extensão, que começam no cruzamento com a Avenida Leomil (Centro) e seguem até a entrada da Praia da Enseada. A previsão é que até o final de abril  o trecho seja concluído.

Na sequência,  serão implantados mais 300 metros de ciclofaixa, ligando a Praia de Pitangueiras à Enseada, totalizando dois quilômetros. O projeto prevê também um trecho de 100 metros ligando a Praia a Avenida Puglisi, importante corredor comercial da cidade e a instalação de bicicletários na Praia das Pitangueiras.

O processo de ampliação também contemplou a revitalização da ciclofaixa da Praia da Enseada e da Estrada de Pernambuco; além de melhorias nos bicicletários e na ciclovia da Avenida Thiago Ferreira; e a instalação de bicicletários na Praia das Astúrias e na Praia de Pitangueiras.

Guarujá possui cerca de 60 quilômetros de ciclovias. No ano passado, a Diretoria de Trânsito (Ditran) implantou ciclofaixas na Praia das Astúrias; realizou a interligação da ciclofaixa entre Astúrias e Pitangueiras; a interligação da ciclofaixa da Praia do Tombo com as Astúrias e a implantação de ciclovia na Avenida Marjory Prado, na Praia de Pernambuco.

Com investimentos na ampliação das ciclofaixas e ciclovias e educação no trânsito, Guarujá tem reduzido o número de mortes de ciclistas. De acordo com o Infosiga-SP – Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo, a Cidade registrou em 2018 o total de oito mortes; já em 2019 foram seis, uma redução de 25%.

Investir em ciclovias e ciclofaixas em Guarujá significa preservar vidas, e nós temos trabalhado para esse fim. A bicicleta é frágil frente ao tamanho e a velocidade dos demais veículos, no entanto, é o modal que não polui e incentiva qualidade de vida”, afirmou o diretor de Trânsito do Município.

(Prefeitura de Guarujá)

Admin

15 Abril 2020

Mobilidade

Comentários

Destaque

Um dos primeiros eventos do setor a ser impactado pela pandemia da Covid-19, e depois de ter sido transferido de março para maio deste ano, e novamente cancelado, o Taipei Cycle Show, uma das mais importantes feiras do setor de bicicletas que reúne fabricantes, compradores, distribuidores e designers do setor, já tem as data certa para 2021 – o evento acontecera de 3 a 6 de março