FOZ DO IGUAÇU AMPLIARÁ SUA REDE CICLOVIÁRIA

FOZ DO IGUAÇU AMPLIARÁ SUA REDE CICLOVIÁRIA

O objetivo é aumentar os 40 km destinados aos ciclistas e fazer uma ligação do centro aos bairros, oferecendo maior segurança aos usuários

A prefeitura de Foz do Iguaçu, no extremo oeste do Paraná, está trabalhando no desenvolvimento de um novo projeto para a ampliação e interligação das ciclovias da cidade, ligando a região central aos bairros, além disso também está em discussão a criação de equipamentos e soluções para incentivar o uso da bicicleta pelos moradores da cidade.

A atual administração de Foz do Iguaçu pretende criar grandes corredores de ciclovias e ciclofaixas ligando a região central aos bairros. “Ampliar a malha cicloviária faz parte de um novo conceito de cidade que Foz do Iguaçu está buscando. A cada dia que passa, notamos o crescimento no uso das bicicletas, seja como meio de transporte para ir ao trabalho, faculdade ou atividades de esporte e lazer. Para fomentar esta cultura saudável vamos investir na ampliação de ciclovias ”, adiantou na primeira semana de agosto o chefe do executivo, Chico Brasileiro em uma reunião onde também estiveram presentes o secretário de Planejamento Urbano, Edinardo Aguiar e o diretor-superintendente do Foztrans, Fernando Maraninchi.

A prefeitura trabalha para integrar, em um curto espaço de tempo, todas as ciclovias e ciclofaixas da cidade, garantindo assim mais segurança aos ciclistas e melhora na mobilidade urbana. Nesse processo está inserida a construção de bicicletários em diversos pontos da cidade e também a  busca por parcerias junto a empresas para implantação de serviço de aluguel de bicicletas a baixo custo.

Atualmente Foz do Iguaçu conta mais de 40 km de ciclovias e ciclofaixas, e já está em implantação uma  nova ciclovia na  Avenida Tarquínio Joslin dos Santos, trecho entre as avenidas Tancredo Neves e Andradina. Também está em processo licitatório a construção de uma ciclovia na Av. Andradina, trecho entre as avenidas Tarquínio Joslin dos Santos e a Araucária, totalizando mais 6 km de ciclovias que se somam à rede da cidade.

Além das obras da Prefeitura, a Itaipu Binacional, através da Diretoria de Coordenação também está investindo na construção de 4,8 quilômetros de ciclovias nas avenidas Tancredo Neves e no entorno da área florestal onde passa o Arroio Jupira no bairro Itaipu A, ligado à usina de Itaipu.

 

(Prefeitura de Foz do Iguaçu)

Admin

10 2020

Mobilidade

Comentários

Destaque

Um engenheiro italiano desenvolveu um protótipo de uma bicicleta com rodas sem raios que pode ser dobrada como se fosse um guarda-chuvas. Feita de alumínio, a bicicleta foi criada por Gianluca Sada, que patenteou o sistema inovador de aros que dispensa os tradicionais raios das rodas comuns de bicicletas e motocicletas