FILME SOBRE CICLISMO CONCORRE AO OSCAR

FILME SOBRE CICLISMO CONCORRE AO OSCAR

 

Wonderful Losers, a different world. Documentário do lituano Arunas Matelis apresenta o outro lado do ciclismo. Um lado único aonde o sacrifício e a derrota, podem ser a vitória. Premiado em muitos dos países aonde foi exibido,  Perdedores Maravilhosos, um mundo diferente (título ainda não definido em português),  revela o lado pouco destacado nos filmes sobre ciclismo: o mundo dos gregários .

O filme  destaca o que há por trás das equipes de elite do ciclismo mundial, aonde  esportistas desconhecidos, verdadeiros heróis do ciclismo que caem, se levantam e voltam à disputa sem lutar pela vitória final . Uma odisseia que revela um olhar incomum para os "perdedores maravilhosos", aqueles que sacrificam suas carreiras profissionais para a glória de seus companheiros de equipe.

A produção de Wonderful Losers  que teve um custo de pouco maios de 453 mil euros ( R$ 1,931 milhão ) pode ser considerada como uma verdadeira equipe do pelotão profissional e suas multinacionalidades. Oito países estão envolvidos no projeto: Lituânia, Letônia, Bélgica, Suíça, Irlanda do Norte, Irlanda , Espanha e Itália.

O documentário foi produzido durante o Giro d’Italia de 2014 e as etapas iniciais do Giro de 2015 por isso também contou com o apoio de entidades ligadas ao desenvolvimento do cinema daquele país, como a Trentino Film Commision, Piemonte Doc Film Fund ,  Film Commission Friuli Venezia Giulia e da Comissão de cinema da  região Puglia.

O documentário levou alguns anos para ser produzido e concluído, com muita gente envolvida, e também com a dificuldade encontrada para se conseguir o espaço para produzir um filme dentro de uma grande volta. “Batalhamos por cinco anos para conseguir as autorizações necessárias para filmar. A última vez que concederam autorizações para a produção de um documentário foi em 1973”, disse o diretor Arunas Matelis,

Wonderful Losers, foi lançado em outubro de 2017 durante o Festival de Varsóvia e aos poucos começa a ser exibido na Europa e Estados Unidos. Não há previsão do lançamento para os cinemas no Brasil.  O documentário foi selecionado pela Lituânoa  para a concorrer a duas premiações da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, na  91ª edição do Oscar.

(Mundo Bici)

Admin

21 Novembro 2018

Mobilidade

Comentários

Destaque

A Comissão de Infraestrutura do Senado está analisando projeto de lei da senadora Leila Barros (PSB-DF), que favorece a utilização da bicicleta e promove a integração de modais no transporte urbano.