ESTUDA-SE A CRIAÇÃO DA PRIMEIRA CICLOVIA INTERNACIONAL ENTRE A FRONTEIRA DO BRASIL E URUGUAI

ESTUDA-SE A CRIAÇÃO DA PRIMEIRA CICLOVIA INTERNACIONAL ENTRE A FRONTEIRA DO BRASIL E URUGUAI

O projeto de implantação da Ciclovia Internacional do Pampa, a primeira que cruzará fronteiras na América, tem a finalidade de impulsionar a cooperação internacional entre o Brasil e o Uruguai.  A iniciativa também atende a Política Nacional de Mobilidade Urbana e também as políticas sobre “integração de cidades gêmeas localizadas nas faixas de fronteira com outros países sobre linha divisória internacional”. Além da política, o trabalho tem viés turístico, visto que a estrada aonde deverá ser implantada a ciclovia, a  BR-153,  faz parte da  rota do Bioma Pampa, com distância de 60 quilômetros entre Bagé e Aceguá.

O projeto de construção de uma ciclovia, ou ciclofaixa, na fronteira dos dois países vem sendo discutido desde o ano passado, quando a prefeitura de Bagé apresentou a proposta em um encontro de municípios da região. Até o mês de  novembro deverá acontecer uma audiência no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes- Dnit – aonde será discutida a criação de uma ciclovia, ou ciclofaixa,  com mais de 200 km ligando os municípios de Bagé, Aceguá e Jaguarão, no Rio Grande do Sul com a cidades de Acegua, Melo e Rio Branco, no Uruguai.  O trecho brasileiro deverá ser construído junto ao leito da BR-153, também conhecida por Transbrasiliana.

Além de se agilizar o estudo da viabilidade de implantação da ciclovia na rodovia, também será constituída uma comissão que dará continuidade à execução do trabalho, além de definidas as responsabilidades de cada ente federado e de cada país no projeto. Devem participar do encontro representantes das prefeituras gaúchas, do Núcleo Regional de Integração da Faixa de Fronteira do Rio Grande do Sul e do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores no Estado (Eresul). O projeto conta com a participação e apoio da União de Ciclistas do Brasil (UCB), União de Ciclistas do Pampa (UCP), Clube Audax Bagé e Clube de Cicloturismo do Brasil.

 

fotos: divulgação-Sdect

(Ascom Sdect)

Admin

24 Outubro 2018

Mobilidade

Comentários

Destaque

As bicicletas elétricas vem provocando um expressivo aumento nas vendas. Junto ao bom desempenho comercial, muitas empresas estão buscando novas soluções para garantir maior autonomia e melhor desempenho das baterias. Com a utilização de Grafeno aliado à nanotecnologia as baterias para e-bikes, em breve, devem passar por uma revolução