COM AUMENTO DO NÚMERO DE CICLISTAS APÓS A PANDEMIA, CAMPO GRANDE TEM INVESTIDO EM IMPLANTAR E REQUALIFICAR CICLOVIAS

COM AUMENTO DO NÚMERO DE CICLISTAS APÓS A PANDEMIA, CAMPO GRANDE TEM INVESTIDO EM IMPLANTAR E REQUALIFICAR CICLOVIAS

Uma pesquisa realizada em 2021 com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontou que Campo Grande possui a segunda maior concentração de bicicletas entre as capitais do país. E com a pandemia, cidades de todo o território nacional tiveram aumento no número de ciclistas.

Pensando nisso, a Prefeitura de Campo Grande em parceria com a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) e Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Planurb), vem buscando melhorias nas ciclovias da Capital, seja na requalificação ou na implantação de novas malhas cicloviárias.

Atualente o município possui 105 km de ciclovias implantadas que interligam várias regiões da cidade.

Segundo a equipe de planejamento e mobilidade urbana da Agetran, já estão em fase de execução, por meio de emendas, PAC, OGU e SUDECO, novas ciclovias, em importantes vias da cidade.  A estrutura abrange tudo o que diz respeito à mobilidade com bicicletas – ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas, calçadas compartilhadas, bicicletários, entre outros.

A secretaria busca também mais recursos para requalificação das ciclovias já existentes, além de intensificar ações sobre a conscientização de respeitar as regras de trânsito.

(PrefCG)

Admin

10 Novembro 2023

Mobilidade

Comentários

Destaque

Banco Itaú e Compartibike lançam a plataforma iBike - uma loja virtual que disponibiliza bicicletas para uso urbano