CICLOVIA DE PLÁSTICO RECICLADO QUE ARMZENA ÁGUA DA CHUVA É INAUGURADA NO MÉXICO

CICLOVIA DE PLÁSTICO RECICLADO QUE ARMZENA ÁGUA DA CHUVA É INAUGURADA NO MÉXICO

Ciclovia construída para testes na Floresta de Chapultepec oferece recursos temporários de armazenamento e drenagem de água e é feita de mais de 1 tonelada de resíduos plásticos, o equivalente a meio milhão de tampas de garrafas plásticas

A ciclovia  da Floresta de Chapultepec,  na Cidade do México,  está sendo usada como piloto para o uso de um material rodoviário pré-fabricado e adaptável ao clima, feito de plástico reciclado. O trecho teste da ciclovia  no Bosque Chapultepec  foi desenvolvido pela empresa holandesa PlasticRoad é  feito de mais de 1000  kg  de lixo plástico - o equivalente a meio milhão de tampas de garrafas de plástico.  

A instalação do sistema e sua   solução de infraestrutura inteligente e adaptável ao clima inédito na América Latina é o resultado de uma colaboração entre o desenvolvedor da tecnologia, a PlasticRoad, a comunidade de empresas Orbia, a Secretaria de Mobilidade da Cidade do México (Semovi) e a Secretaria de Meio Ambiente da Cidade do México (Sedema).

Na apresentação dessa nova infraestrutura, Sameer Bharadwaj, CEO da Orbia, disse:  “Na Orbia, trabalhamos na interseção de materiais básicos e avançados e soluções de infraestrutura que promovem a vida em todo o mundo. Com a parceria do governo local, SEMOVI e SEDEMA, estamos orgulhosos de inaugurar a PlasticRoad na Cidade do México e apoiar esta incrível capital global e seus cidadãos na jornada para a resiliência climática".

Atualmente, a Cidade do México e sua grande área metropolitana estão enfrentando desafios para a captação de água potável, decorrentes de uma população crescente (mais de 22 milhões de pessoas e aumentando), chuvas fortes causadas pelos efeitos combinados das mudanças climáticas, poluição devido à geração de resíduos plásticos e infraestrutura envelhecida. Com precipitação anual recorde de mais de  600 milhões  de metros cúbicos  , os problemas de gestão da água na Cidade do México afetaram a disponibilidade de água potável e a qualidade de vida dos cidadãos.  

 “Uma iniciativa como esta combina a ideia de buscar a mobilidade sustentável na cidade com a ideia de dar nova vida ao lixo plástico  como material reaproveitável para a construção de uma nova infraestrutura. Acreditamos que juntos podemos construir uma cidade melhor. Uma cidade com futuro sustentável”, afirma a secretária da SEDEMA.

O design modular da ciclovia de plástico oferece armazenamento temporário de água e recursos de drenagem, ideal para promover o armazenamento de água durante chuvas extremas, além de estar integrado com tecnologia de sensor para monitoramento e gerenciamento de superfície.

Ao infiltrar gradualmente a água da chuva volta ao solo,  com isso os períodos de seca também terão um impacto menos negativo na área. Além disso, sua durabilidade e natureza de baixa manutenção significam uma pegada de carbono reduzida em até 72% ao longo de sua vida útil em comparação com as estruturas rodoviárias tradicionais. 

Eric Kievit, diretor administrativo da PlasticRoad, afirma: “Nosso terceiro piloto no México é uma oportunidade de testar nosso produto sob um conjunto diferente de condições climáticas. o que nos fornecerá dados significativos para explorar mercados internacionais fora de nosso país de origem (Holanda) no futuro”.

(Plastic Road)

Admin

08 Abril 2021

Mobilidade

Comentários

Destaque

Shimano Fest recebeu um público de 25,5 mil pessoas durante os 4 dias do evento, desses 5,4 mil eram operadores do setor (lojistas, etc) A cada edição o festival se firma como grande evento da bicicleta