CICLOVIA DA MARGINAL PINHEIROS TERÁ CENTRO DE APOIO A ANIMAIS

CICLOVIA DA MARGINAL PINHEIROS TERÁ CENTRO DE APOIO A ANIMAIS

A mais tradicional e talvez famosa ciclovia da capital paulista, a Ciclovia do Rio Pinheiros,  além de muito frequentada por ciclistas, tem uma grande população de capivaras, lagartos e também de  aves como gaviões, corujas e quero-queros, além de  cães e gatos  que acessam a pista ou são abandonados por lá.

Para cuidar desses animais e dar também segurança aos usuários da ciclovia, a Farah Service, gestora do espaço,  abraçou a ideia da ativista Mariana Aidar que pedala frequentemente por lá e que sempre mostrou sua preocupação com as capivaras e outros animais, e está criando o CAPA – Centro de Apoio e Proteção Animal da Ciclovia -  com a proposta de dar abrigo e encaminhar para doação animais domésticos encontrados no espaço. O Centro tem uma equipe de 7 pessoas formada por  veterinários, biólogo, engenheiro ambiental  e voluntárias

"Também estamos dando apoio à CPTM, pois aparecem muitos cães e gatos nas estaçãos de trem. Os cães e gatos resgatados são levados a lares temporários e/ou ONGs parceiras, para serem avaliados, cuidados se for preciso, e depois seguirem para adoção após castrarmos, vacinarmos e vermifugarmos", explica Mariana Aidar .

A grande população de Capivaras que habitam as margens do Rio Pinheiros – e daí Ciclo Capivara, maneira carinhosa que muitos paulistanos passaram a denominar o espaço – passará a ser monitorada e quando necessário os animais receberão tratamento no local e serão soltos novamente, além de receberem um chip. Um grande levantamento de flora e fauna está sendo executado ao longo dos 22 km da ciclovia.

O projeto de atendimento às capivaras ainda não pôde ser colocado em prática pois aguarda a autorização do Departamento de Fauna, da Secretaria do Meio Ambiente  (DeFau/SMA).  Porém, no mês de julho, a operadora da ciclovia iniciou um levantamento populacional das capivaras, procurado mapear os vários pontos da ciclovias onde são encontradas capivaras em grupos ou indivíduos isolados.

Além do cuidado com as espécies, a operadora da ciclovia promoverá ações de conscientização para uma melhor compreensão do espaço  procurando dar mais segurança e  garantir uma boa convivência entre humanos e animais.

(CAPA - R7)

Admin

23 Setembro 2020

Mobilidade

Comentários

Destaque

Prefeitura da cidade de São Paulo quer aumentar a oferta colocando 10 mil bicicletas, levar a oferta para as periferias da cidade e ainda aproveitar o bilhete único como forma de pagamento no novo sistema