CICLISTAS DO PARANÁ TEM SERVIÇO GRATUITO PARA REGISTRAR A SUA BICICLETA

CICLISTAS DO PARANÁ TEM SERVIÇO GRATUITO PARA REGISTRAR A SUA BICICLETA

Projeto Minha Bike Segura, lançado pelo governo paranaense ajuda a inibir roubos e furtos de bicicletas, além disso pode contribuir para a localização da bike e na resolução de eventuais ocorrências

 

Os ciclistas paranaenses já  podem cadastrar  as informações sobre suas bicicletas, como número de série, marca e cor, no Governo Digital, plataforma do Estado do Paraná  que reúne mais de 200 serviços públicos. O projeto Minha Bike Segura foi lançado pela governadora Cida Borghetti no último domingo (11/11), em Curitiba, e vai ajudar a coibir furtos e roubos de bicicletas.

O lançamento do Minha Bike Segura aconteceu no Palácio Iguaçu, aonde os ciclistas presentes puderam se cadastrar e registrar  suas bicicletas no sistema Governo Digital . “Essa nova funcionalidade vai facilitar a localização e a resolução de casos de furtos de bicicleta em todo o Estado do Paraná”, declarou a governadora Cida Borghetti. “O ciclista vai poder colocar na plataforma, além do número de série e da cor, informações sobre a nota fiscal e até fotos do veículo”, afirmou a governadora.

Nesse primeiro momento do projeto, a funcionalidade tem como objetivo formar um banco de dados com informações sobre as bicicletas do Estado, algo que ainda não existia. Em uma próxima etapa, a polícia terá acesso a essas informações, o que dará mais condições de encontrar uma bike roubada e registrada no bando de dados do governo paranaense.

“A ideia do projeto é trazer mais segurança para quem pedala. Com o cadastro da bicicleta, a Delegacia de Furtos e Roubos pode consultar o banco de dados do Governo Digital e localizar o proprietário”, explicou o coordenador do programa, Marco Aurélio Barbosa.

O plano é ainda mais amplo, pois o governo paranaense estuda, ainda, utilizar o banco de dados da Secretaria de Estado da Fazenda para que a cada compra de uma nova bicicleta o proprietário receba um aviso por SMS e faça automaticamente o cadastro no Governo Digital. Outra proposta é criar bancos de dados para cadastrar outros objetos, como celulares, para também coibir os furtos e roubos.

A Delegacia de Furtos e Roubos, de Curitiba atende diariamente ciclistas que tiveram seu veículo furtado ou roubado, afirmou o delegado-adjunto Emmanoel David. “É muito difícil em uma investigação saber o destino dessa bicicleta. Com esse sistema, os policiais podem fazer essa verificação. Na abordagem dos receptadores, será possível confirmar pelo número de série se a bicicleta é ou não roubada”, explicou.

No ar desde o início deste ano, o Governo Digital (www.governodigital.pr.gov.br) integra os sistemas do estado do Paraná e disponibiliza, em um único lugar, centenas de serviços ao cidadão, desde a consulta a assuntos relativos à carteira de habilitação até a consulta ao boletim escolar dos alunos da rede pública estadual.

Para ter acesso aos serviços ofertados no Governo Digital, no estado do Paraná,  é necessário ter a Identidade Digital, disponível para quem fez recentemente uma coleta biométrica por meio da emissão de documentos como a Carteira Nacional de Habilitação ou a Carteira de Identidade.

Quem ainda não fez, pode procurar os postos e totens do Detran/Pr  ou do Instituto de Identificação do Paraná para fazer o cadastro. Ainda assim, mesmo quem não cadastrou a biometria pode se conectar ao site para acessar as informações sobre os diversos serviços do governo estadual.

Foto: Jaelson Lucas/ANPr

(ANPr)

Admin

13 Novembro 2018

Mobilidade

Comentários

Destaque

Os patinetes elétricos são uma realidade mundial e estes já se encontram em praticamente todas as grandes cidades; seu uso também cresceu de forma vertiginosa. E com isso também houve um aumento dos acidentes, inclusive os mais graves. Na Europa as autoridades já pensam em uma normatização para exigir um mínimo de segurança para veículos elétricos leves pessoais