BIKE DELIVERY EM LONDRES: DO PASSADO AO FUTURO COM TODA MODERNIDADE

BIKE DELIVERY EM LONDRES: DO PASSADO AO FUTURO COM TODA MODERNIDADE

Segunda maior rede de supermercados da Grã Bretanha, a Sainbury, volta a oferecer o serviço de entregas feitas com bicicleta. É um retorno ao passado carregado com todo o conceito de modernidade graças ao desenvolvimento de um aplicativo específico e logística, tudo com muita  praticidade e zero emissões

O primeiro supermercado londrino a oferecer o serviço de entregas a domicilio, foi o Sainsbury,  isso em 1882. O cliente ia até a loja, fazia as compras e as mercadorias depois eram entregues por funcionários conduzindo carroças puxadas a mão ou por cavalos. Na virada do século 20 o serviço passou a ser feito com bicicletas e triciclos, mas já em 1915 a empresa comprou um Ford T e muitas das entregas passaram a ser efetuadas com veículos motorizados.

Sainsbury  fez uma volta ao seu próprio passado e com o fechamento de muitas ruas na capital inglesa e a cobrança de altas taxas para circulação e veículos, chegou-se a conclusão que uma ótima solução seria retomar  as entregas com bicicletas, agora agregando muita tecnologia à gestão das operações. Para levar adiante o novo projeto trabalhou no desenvolvimento de um aplicativo para iOS que recebeu o nome de Chop Chop, através do qual e pagando uma taxa de entrega no valor de £ 4,99 (R$ 21 ) pode-se  encomendar até 20 itens que serão entregues no endereço do cliente partir da loja mais próxima no prazo de uma hora; e graças ao aplicativo o consumidor poderá efetuar o pagamento e acompanhar através do seu smartphone  o seu pedido que chegará através de um ciclista.

Os primeiros testes com o bike-delivery começaram a ser realizados em junho na região de Wandsworth, no sul de Londres, agora o serviço está sendo estendido através sudoeste e áreas centrais de Londres, incluindo Chelsea, Westminster, Fulham, Battersea, Southwark, Wandsworth e Wimbledon; a proposta é atingir os 35.699 códigos postais da região central londrina. O serviço de entregas com bicicletas complementa o serviço de entrega no mesmo dia, já oferecido pela rede supermercadista.

Para a primeira fase da implantação deste novo sistema de entregas a Sainsbury contratou 40 ciclistas e mais o pessoal responsável pela “compra” ,  caso um dos produtos da lista do cliente não estiver disponível em estoque, esse funcionário responsável pela compra se comunicará com o consumidor, oferecendo uma outra opção para substituir o produto.

Sinais dos tempos e da concorrência da Amazon que recentemente havia lançado um serviço de entrega rápida de compras em parceria com a rede Morrisons,  em algumas regiões da Grã-Bretanha, a rápida resposta da segunda rede supermercadista a Sainsbury veio a pedal e com o auxílio do  aplicativo de compras Chop Chop

Jon Rudoe, diretor de tecnologia digital da Sainsbury, declarou a jornais ingleses: “A velocidade de entrega é importante para alguns clientes, então nós resgatamos o nosso serviço de bicicletas para atender  a demanda. Em Wandsworth, os clientes estão usando o novo serviço de entrega de uma hora para pedir mercadorias que esqueceram de comprar quando passaram pelo mercado ou quando eles não podem deixar a sua casa ou mesmo quando recebem  convidados no calor do momento precisam de algum item”.

fotos: Graham Flack/Sainsbury

(The Telegraph-Sainsbury-MundoBici)

Admin

24 Outubro 2016

Mobilidade

Comentários

Destaque

Os patinetes elétricos são uma realidade mundial e estes já se encontram em praticamente todas as grandes cidades; seu uso também cresceu de forma vertiginosa. E com isso também houve um aumento dos acidentes, inclusive os mais graves. Na Europa as autoridades já pensam em uma normatização para exigir um mínimo de segurança para veículos elétricos leves pessoais