ALTA NOS COMBUSTÍVEIS LEVA A ACREANOS A TROCAR CARRO POR BICICLETA

ALTA NOS COMBUSTÍVEIS LEVA A ACREANOS A TROCAR CARRO POR BICICLETA

Com a gasolina mais cara do país e os constantes aumentos do combustível ao longo deste ano,  cada vez mais trabalhadores de Rio Branco, no Acre, tem optado pela bicicleta para ir e voltar do trabalho como forma de economizar

 

Com preços do combustível muito acima da média dos valores encontrados em outros estados do país, os moradores de Rio Branco, no Acre, adotaram como solução econômica e saudável a utilização da bicicleta para seus deslocamentos diários.

Para fugir do alto custo do combustível, o auxiliar administrativo Diego Biondi deixou seu carro em casa e passou a ir e voltar do trabalho em bicicleta. No fim do mês a economia para ele foi de quase R$ 200.

"É a economia que temos com o carro na garagem e usando a bicicleta no deslocamento e, com isso, além de estar economizando, contribuímos com uma cidade com menos trânsito e, ao mesmo, fazemos atividade física. Mantemos o ambiente menos poluído e são muitas vantagens ao mesmo tempo", destaca Diego ao apontar que no fim do mês a economia foi de quase R$ 200.

O administrador Faber Nobre que pedala há 10 anos e alternava o uso do carro  com a bicicleta, passou a dedicar mais dias às pedaladas para ir ao trabalho. "Prefiro vir mais de bicicleta, ainda mais com essa alta do combustível que está um absurdo e quem puder se adaptar que se adapte porque vale a pena ", destacou.

Com a recente alta dos combustíveis, o que tem impactado o orçamento de muitas famílias, muitos acreanos estão entendendo que a bicicleta faz bem para o bolso e para a saúde. No ranking da Agência Nacional do Petróleo com preços dos combustíveis o Acre ocupa o primeiro lugar com a gasolina mais cara do Brasil.

Fotos: Pascal Ohlmann-Pixabay / Baran Karahan-Pixabay

 

(G1)

Admin

16 Março 2021

Mobilidade

Comentários

Destaque

A crescente popularidade das e-bikes e dos veículos elétricos leves pessoais (PLEV’s) e a entrada em vigor da norma europeia EN15194 exigem uma maior especialização do mercado. Para atender as exigências legais, uma organização alemã acaba de inaugurar um novo laboratório para atender as demandas da indústria que precisa produzir bicicletas elétricas dentro dos padrões legais