PESQUISA REVELA: EUROPEUS ESTÃO DISPOSTOS A ADOTAR AS E-BIKES PARA DESLOCAMENTOS

PESQUISA REVELA: EUROPEUS ESTÃO DISPOSTOS A ADOTAR AS E-BIKES PARA DESLOCAMENTOS

Uma pesquisa independente que consultou mais de 14 mil pessoas em 10 países da Europa, revela que os cidadãoes desses países estão dispostos a utilizar a bicicleta elétrica para seus deslocamentos ao trabalho. O estudo daYouGov, foi encomendado por um importante fabricante de componentes e motores para e-bike.

Os dados apontam também essa tendência de crescimento, mesmo em mercados aonde as vendas de e-bikes ainda são baixas, como na Espanha e Itália. O estudo confirma as informações desse movimento que foram registados no ano passado na Holanda, aonde as vendas cresceram quase 40%, e com o aumento dos deslocamentos diários sendo feitos com bicicletas elétricas.

O estudo aponta que quase metade da população holandesa, cerca e 27% esta disposta a se deslocar ao trabalho em uma e-bike. Na Alemanha, um outro importante mercado para as bicicletas elétricas, a pesquisa aponta que 21% dos alemães usariam asa e-bikes para seus deslocamentos.

Apesar dos dados positivos, não há garantias de que o mercado espanhol dê um salto e triplique suas vendas no futuro próximo, principalmente porque naquele país muitos cidadãos tem apostado na utilização das motocicletas, em particular os scooters para uso urbano.

Na Itália a realidade não é muito diferente, os dados da YouGov apontam que 33% da população estaria disputa a usar as e-bikes em seus deslocamentos diários para o trabalho. Porém a barreira, também está na popularidade dos “motorinos” – ciclomotores como a Vespa e outros tipos de scooters.

Para essa pesquisa da YouGov, 14.606 adultos responderam a um questionário on-line ente os dias 30 de janeiro e 13 de fevereiro de 2019. O ranking da população por país que estaria disposta a mudar para uma bicicleta elétrica para seus deslocamentos diários

1- Holanda 47%

2- Espanha 39%

3- Itália 33%

4- Bélgica 31%

5- Noruega 27%

6- Alemanha 21%

7- Dinamarca 21%

8- França 18%

9- Suécia 15%

10- Reino Unido 11%

Segundo o responsável o diretor da empresa que encomendou a pesquisa, Jeroen Van Vulpen: “Estamos vendo um grande crescimento nos mercados de bicicletas elétricas em toda a Europa e esta pesquisa destaca a probabilidade futura da adoção generalizada das e-bikes para os deslocamentos ao traabalho. Sabemos que já existe uma forte cultura de ciclismo em países específicos, onde aqueles que fizeram a mudança para uma bicicleta elétrica descobriram que o mau tempo raramente é um problema insuperável, e o suor é uma coisa do passado quando você a assistência elétrica auxiliar na pedalada. É realmente encorajador ver que, em todos os mercados, as pessoas estão dispostas a mudar para uma bicicleta elétrica para manter a forma e proteger o meio ambiente ”.

A pesquisa da YouGov também revela que, em toda a Europa, as principais razões para considerar o deslocamento para o trabalho de e-bike são: - manter a forma - 34%

proteger o meio ambiente- 30%

economizar dinheiro- 30% 

Os motivos que levariam as pessoas a não utilizarem a bicicleta em seus deslocamentos são:

a possibilidade do mau tempo - 37%

o custo de uma bicicleta elétrica- 34%

chegar suado ao trabalho- 25%

Fotos: Divulgação

(Bike-Europe/Divulgação)

Admin

06 Maio 2019

Mercado

Comentários

Destaque

Serviço de bike táxi da capital paulista tem patrocínio de seguradora, a empresa busca aliar às características da imagem de um serviço inovador e diferenciado aos produtos e serviços oferecidos