INDUSTRIA DA CHINA E DA EUROPA APONTAM PARA A COOPERAÇÃO MÚTUA

INDUSTRIA DA CHINA E DA EUROPA APONTAM PARA A COOPERAÇÃO MÚTUA

Associações da China e da Europa ligadas ao setor produtivo da bicicleta se reuniram na segunda semana de janeiro para discutir e buscar entendimento para bons procedimentos no setor.

O presidente da China Bicycle Association – CBA (Associação da Bicicleta da China) – Liu Suwen convidou seus congêneres da CONEBI – Confederação da Industria Europeia da Bicicleta, Erhard Büchel e Manuel Marsilio para um encontro onde as organizações setoriais definiram alguns acordos para a cooperação em vários procedimentos de toda a cadeia do setor: desde a padronização, sistemas de transporte inteligente, cadeia de suprimentos responsável, conformidade com a regulamentação da União Europeia  e também ao combate à contrafração e adulteração e comércio eletrônico.

O encontro também contou com a presença de grandes empresas do setor de bicicletas onde estas apresentaram o desenvolvimento da indústria  e da importância da troca de informações entre as associações. Um dos grandes problemas apresentados pelos europeus no encontro,  está ligado às baterias e aos kits para montagem ou adulteração para bicicletas pedalada assistida (e-bikes) que resultam em produtos fora do padrão.  Outro tema abordado foi a digitalização da mobilidade e o papel das bicicletas e e-bikes no futuro transporte urbano multimodal que exigem um comprometimento e intercambio maior que levem a boas praticas.

 “O intercâmbio de políticas entre a China e a Europa é um elemento valioso no quadro dos futuros desenvolvimentos globais da indústria de bicicletas, que monitorarão a abordagem política da União Europeia em relação ao recentemente publicado ‘Acordo Verde da EU’. A Comissão Europeia está comprometida em desempenhar um papel internacional na definição de padrões para o crescimento sustentável nas cadeias globais de valor, mobilizando centenas de bilhões de euros para apoiar setores industriais na transição para cadeias de suprimentos ecológicas ”, afirmou Erhard Büchel da Conebi. "Estamos felizes em discutir pontos em comum que definitivamente promoverão benefícios mútuos entre a UE e a China".

O resultado do encontro aponta para a realização, ainda em 2020,  do Fórum Sino-Europeu da Indústria da Bicicleta.

(Bike Europe)

Admin

24 Janeiro 2020

Mercado

Comentários

Destaque

Estudos recentes, impulsionados pelo grande crescimento do mercado de bicicletas elétricas a pedalada assistida, revelam que e-bike pode ajudar muito na forma física dos usuários com redução de batimentos cardíacos e menor suor nos deslocamentos